Testemunha aponta que Adélio é um matador de aluguel

1 de novembro de 2019 10:56

Ouça a notícia:

Em reportagem da revista Crusoé foi noticiado que o iraniano Farhad Marvizi depôs no caso de tentativa de homicídio contra Jair Bolsonaro em campanha presidencial.

Em seu depoimento, o iraniano aponta que seu antigo vizinho de cela, Adélio Bispo, teria recebido promessa de pagamento de R$ 500.000,00 para assassinar o atual presidente da república.

Conforme noticiamos anteriormente, Farhad Marvizi está cumprindo pena por ter sido chefe de uma organização criminosa responsável por delitos de contrabando e até de um atentado a um agente da Receita Federal.

Nesse ponto, propõe-se a revelar o mandante do crime que lhe foi confessado por Adélio somente se tiver algum benefício em seu cumprimento de pena.

Receba informações em primeira mão