Interpol na cola de mulher de suposto corrupto que operou esquema de propinas na lava-jato

9 de outubro de 2019 11:07

Fora noticiado anteriormente, que os criminosos dentro da receita extorquiam dinheiro de empresários acusados ou condenados na lava-jato foram presos. Clique aqui para ler.

Hoje, dia 09 de outubro de 2019, a lava-jato inclui o nome da esposa de Marcial Pereira de Souza como procurada internacional da Interpol.

Mônica, esposa de Marcial viajou para Portugal para visitar um filho do casal.

O juiz Bretas autorizou a inclusão.

Receba informações em primeira mão