Convenção Conservadora custa 1 milhão para Cofres Públicos

13 de outubro de 2019 11:51

Eduardo Bolsonaro trouxe para o Brasil, pela primeira vez, a Conferência de Ação Conservadora (CPAC), que é o maior evento conservador nos EUA.

O evento foi organizado e pago pela fundação Indigo, órgão mantido pelo PSL e que é financiado com verbas do Fundo Partidário, as quais advém dos cofres públicos.

Há um levantamento do UOL que aponta um gasto estimado entre R$ 800.000,00 (oitocento mil reais) e R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais).

Receba informações em primeira mão