Advogado diz que adora Jabuticaba em defesa contra prisão em Segunda Instância

17 de outubro de 2019 18:09

Maurício Stegman Dieter, renomado advogado criminalista, fez uma analogia interessante entre o seu gosto pela fruta Jabutica, que é brasileira, e a prisão em segunda instância que também é brasileira, segue sua alusão:

Um argumento bastante manejado é que estamos diante de uma jabuticaba brasileira [a prisão após trânsito em julgado]. Me causa espécie isso, porque adoro jabuticaba e acho que a gente deveria valorizar aquilo que, em comparação com o direito internacional, o Brasil é melhor. O Brasil é melhor em um monte de coisas.

Maurício Stegman Dieter , STF em 17 de outubro de 2019.

Fonte: O Antagonista

Receba informações em primeira mão